RECADINHO:

RECADINHO:
Quem entrar como seguidor do blog, favor deixar um comentário p/que eu possa retribuir.
Não dá mais p/entrar nos blogs através do espaço "SEGUIDORES".

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

MINIPIZZA COM BASE DE RODELAS DE BATATA muito boa!

Se você ama pizza, mas não sabe fazer a massa ou até sabe e só  tem mesmo aquela preguicinha ou ainda se você sabe fazer a massa, não tem preguicinha, mas que na hora de preparar vê que falta algum ingrediente (isso quase não acontece né gente?), com essa receitinha está resolvido o seu problema, pode crer!
Faz aí e depois me conta!

Fonte da receita:

Receita:
A receita inteira, inclusive com outras coberturas você pode ver no link. Aqui vou colocar como eu fiz pq só queria confirmar se realmente ia dar certo. E DEU!


Fiz uma só, mas depois que vi que deu certo me empolguei e fiz mais...
Untei bem uma assadeira com azeite (pode usar uma boa quantidade de azeite p/untar), coloquei rodelas bem fininhas de 1 batata  pequena (usei a asterix), sobrepondo-as até formar um círculo, na receita diz de 8cm, mas eu não medi. Polvilhei as rodelas com sal, reguei com azeite e levei ao forno 180º por 5 minutos...
Retirei do forno, coloquei molho de tomate, bastante muçarela ralada no ralo grosso, sobre a muçarela coloquei 3 fatias finas de linguiça calabresa, sobre as  linguiças coloquei cebola fatiadinha, azeitonas recheadas fatiadas e pedaços de tomate seco que ainda tinha aqui. Reguei com mais azeite e levei ao forno 180º por +- 10 minutos  (na receita diz 8, mas meu forno é lento).




Opções de coberturas da fonte:
1- como a minha, só que com linguiça calabresa fina e fritinha e as azeitonas colocadas depois da pizza pronta  (as minhas azeitonas coloquei antes de ir ao forno)

2- presunto bem picadinho ou moído sobre a muçarela, tomate picadinho sobre o presunto e quando retirar do forno colocar folhas de manjericão

3- tomatinhos grapes pequenos sobre a muçarela

Nas 3 coberturas polvilhar orégano
(eu esqueci)










Deixei abertinha p/vocês verem a delícia!

Hummm, é p/suspirar mesmo!






















sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

SOBRECOXAS ASSADAS no forno com batatas e mostarda

É gente, cozinhar até que é fácil, o difícil é decidir o que preparar e ainda variar p/não cair na mesmice. Nesse ponto a internet veio p/nos auxiliar, pena que a minha avó não pegou esse tempo. Ah, ela ia amar!
A receita de hoje por exemplo eu encontrei no site GSHOW, e que receitinha boa heim! 

Receita ( fiz metade da receita):
2 cebolas médias picadas......usei 1 média
3 dentes de alho.....................usei 2 pequenos
1/4 de copo de água...............usei 2 dedos medidos n/copo americano
4 colheres de sopa de mostarda...........usei 2 colheres de sopa
1 colher de sopa cheia de maionese.....usei 1  bem cheia mesmo
2 e 1/2 colheres de sopa de  sal............usei 1 colher de sopa e depois coloquei +1/2
2 kg de sobrecoxa de frango................1 kg de sobrecoxa
1 kg de batata cortadas em fatias com +- 1 dedo de largura........usei 4 batatas médias (asterix)
1 cebola em anéis.........usei 1 média p/pequena
Mostarda p/finalização


Modo:
Coloque no copo do liquidificador as cebolas, o alho, a água, a mostarda, a maionese e o sal. Bata até homogenizar. Faça pequenos furos nas sobrecoxas no lado oposto ao da pele. Transfira os pedaços de frango p/uma vasilha funda e regue-os com o tempero batido. Deixe descansar na geladeira por 40 minutos.
Faça uma camada com as rodelas das batatas n/assadeira ou refratário grande (usei um refratário). Distribua os anéis de cebola sobre as fatias das batatas e disponha os pedaços de frango sobre o leito formado pelas fatias das cebolas e das batatas. Regue com a marinada que sobrou na vasilha, pincele as sobrecoxas com mostarda (pode pincelar bem, pois isso é que vai deixar um dourado bonito). Leve ao forno médio preaquecido por +- 2 horas


Dicas minhas:
O lado da pele na assadeira fica p/cima
A assadeira não é coberta
Usei forno médio 180º e depois passei p/200º (meu forno é lento)
Na metade do tempo eu virei as rodelas das batatas de lado, pois a parte inferior cozinhou + rápido


P/o arroz (com couve e feijão fradinho):
Preparei o arroz normalmente, só colocando menos água. Quando ele já estava quase cozido, mas ainda com água, acrescentei a couve e quando ele já estava quase seco juntei o feijão (cozido em água e sal bem al'dente com 1 folhinha de louro e depois escorrido) misturando delicadamente deixando terminar de secar.






As cascas das batatas usadas, aproveitei e preparei esse CHIPS  delicioso:
Receita (mdemulher.abril/chef Flávio Passos)
Lavei muito bem as cascas das batatas e sequei. Coloquei os pedaços n/assadeira, temperei com sal, pimenta do reino e alecrim. Reguei com azeite (não muito) e levei ao forno médio p/alto até as cascas ficarem bem sequinhas e crocantes (dava uma mexida de vez em quando).
Já postei a receita aqui:
P/as torradinhas:
Usei a massa de pizza que eu tinha congelado (AQUI)
Pastinha de manteiga (usei Mococa) e alho
Fatias de tomatinhos grape e de azeitonas pretas p/decorar.
Levei ao forno só até dourar

Acompanhou também uma saladinha de beterraba temperada com azeite


MODO:

























quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

BOLO DE AMENDOIM (do hotel)

Outra arrumação na despensa, mais produtos se aproximando do vencimento e mais um bolinho delicioso saindo por aqui. Hummm, bolo de amendoim quem não gosta?
Ah, e o bolo é de liquidificador, moleza né?
A receita é do café colonial do hotel BANGALÔS DA SERRA em Gramado/RS e eu tirei daqui:

Receita (na receita não diz, mas usei xícara de 240ml):
4 ovos
1 e 1/2 xícara de chá de leite
1/2 xícara de chá de óleo
1 e 1/2 xícara de chá de açúcar
1 xícara de chá de amendoim torrado e moído
2 xícaras de chá de farinha de trigo
1 colher de sopa de fermento em pó

Modo:
N/tigela coloque a farinha de trigo e o fermento. Reserve...
Os outros ingredientes, leite, óleo, ovos, amendoim e o açúcar, coloque no liquidificador e bata bem. Junte aos poucos essa mistura batida com a da farinha de trigo reservada e bata com um fouet. Coloque a massa n/forma de buraco untada e enfarinhada e leve ao forno preaquecido 180º por +- 30 minutos.



Dicas minhas:
1- Usei óleo de soja e de coco (meio a meio)
2- Coloquei 40g de chocolate granulado forneável por minha conta na receita (tb já estava próximo do vctº)
3- Coloquei as gemas no liquidificador e bati as claras em neve (essa dica aprendi no curso Eduk, que mesmo o bolo sendo de liquidificador, ele fica ainda melhor com as claras em neve)
4- Não usei a cobertura no bolo

Cobertura:
1 caixa de leite condensado
1 caixa de creme de leite
1 xícara de chá de amendoim torrado e picado (usei o moído Agtal)
1 colher de chá cheia de manteiga

Modo:
Leve ao fogo o leite condensado, a manteiga e o amendoim até formar um brigadeiro (formar um caminho na panela). Retire do fogo e só na hora que retirar o bolo do forno, aí sim acrescente o creme de leite misturando bem.
Deixe o bolo amornar, desenforme  e coloque a cobertura. Decore com o amendoim moído ou triturado



quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

SANDUÍCHES NATURAIS (quase) com 5 recheios

Gente, se comer na praia em época "normal" já é difícil por ser muito caro, em época de crise isso fica praticamente impossível. Que tal então planejar um lanchinho caseiro p/levar?
O lanche caseiro além de sair muito mais em conta, ainda tem a vantagem de ser saudável e de vc saber exatamente a origem do que está oferecendo p/família.
Não tem praia aí? Não?
Prepara então p/aquele lanchinho da tarde em dias de preguicinha!

Vem comigo que eu te mostro!


Meu modo:
Todos os cremes foram batidos no liquidificador (bati só o de milho os outros eu processei) ou processados até chegarem no ponto desejado (nem muito ralo, nem muito espesso)
Pode trocar o atum por frango, sardinha, presunto

1º creme:
Milho verde batido no liquidificador ou processador com maionese 

2º creme:
Atum natural misturado com cream cheese light

3º creme:
Tomate seco passado no processador com cream cheese

4º creme:
Grão de bico (eu já tinha ele cozido, escorrido e congelado) com maionese

5º creme:
Compota de tomate receita (AQUI)  com maionese

Cenoura crua ralada  e azeitonas p/montagem

Montagem:
1º sanduíche: (com 3 fatias de pão)
1 fatia de pão, 1 camada de creme de milho com maionese, sobre ela 1 camada de creme de atum com cream cheese, por cima cenoura ralada + outra fatia de pão, creme de milho com maionese, creme de tomate seco com cream cheese, cenoura ralada e + 1 fatia de pão











não tirei foto dele fechado










2º sanduíche: (com 2 fatias de pão)
1 fatia de pão, creme de milho com maionese, por cima creme de atum com cream cheese, cenoura ralada e na outra fatia de pão (p/fechar o sanduíche) creme  tomate seco com cream cheese





3º sanduíche: (com 2 fatias de pão)
1 fatia de pão, creme de compota de tomate com maionese, por cima creme de atum com cream cheese, cenoura ralada  e na outra fatia de pão (p/fechar o sanduíche) creme de milho com maionese



 ...aqui a compota de tomate processada com maionese





4º sanduíche: (com 2 fatias de pão)
1 fatia de pão, creme de grão de bico com maionese, por cima creme de atum com cream cheese, cenoura ralada, azeitonas recheadas fatiadas e na outra fatia de pão (p/fechar o sanduíche) uma mistura de creme de tomate seco com cream cheese e de compota de tomate com maionese


atum que usei nos recheios...







5º sanduíche: (com 2 fatias de pão)
1 fatia de pão, creme de milho com maionese, por cima creme de atum com cream cheese, cenoura ralada, por cima dela  a mistura de tomate seco com cream chese  e de compota de tomate com maionese










COMO EU CONGELO

Corto em metades pq fica mais fácil p/variar...Pode comer metade com um recheio e metade com outro





Aí você faz um suquinho natural, coloca naquelas garrafinhas de refrigerantes usadas e guardadas (a de 237ml),  coloca tudo n/isopor e "PARTIU PRAIA" kkk 
Aquela história de FAROFEIRO acabou há muito tempo, a moda agora é marmitinha saudável mesmo

As crianças nem vão perceber que é lanche caseiro e vão amar!

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

BIFE DE ALCATRA ACEBOLADO c/aipim na manteiga e quibebe

Mais uma comidinha fácil  e que com certeza vai agradar toda família.
Eu adoro cozinhar, mas vou contar p/vocês que quanto mais simples, mais deliciosa a comida é. As comidas mais sofisticadas, claro que são deliciosas também, mas se tornam enjoativas se preparadas com frequência, já as simples preparadas com carinho, ah, essas não enjoam nunca!

Receita:
4 bifes de alcatra temperados com:
Alho, pimenta do reino e sal
Fritei de 1 em 1 em pouco óleo, retirei da frigideira e reservei...
Na mesma frigideira coloquei 1 cebola média fatiada mexendo bem p/aproveitar toda a crosta formada com a fritura do bife. Assim que a cebola começou a ficar transparente, coloquei gotas de vinagre, um pouco de água (só o suficiente p/formar um molhinho), acertei o sal e deixei em fogo baixo até a cebola ficar no ponto desejado (mais firme ou mais macia).



P/o aipim:
Aipim (quantidade a gosto) cozido em água e sal
Depois do aipim cozido e escorrido, cortei em pedaços médios e reservei...
Coloquei n/frigideira antiaderente +- 2 colheres de sopa de manteiga, deixei aquecer e salteei os pedaços de aipim

P/o quibebe receita aqui:





P/a salada:
Alface, trigo
(de quibe) já demolhado em quantidade a gosto, pepino fatiado, tomatinhos grape, azeitonas e ovo cozido









Mais fácil e gostoso que isso, só procurando muito por aí!











CONCORDAM COMIGO?






domingo, 12 de fevereiro de 2017

GRATIDÃO/Blogagem Coletiva #52semanasdegratidão

Aqui minha 2ª participação na blogagem :
http://www.elainegaspareto.com/2017/01/venha-participar-da-blogagem-coletiva.html

Quando eu soube que meu pai estava com câncer e já n/estágio muito adiantado, eu me senti tão impotente, mas tão impotente diante dessa doença que fiz uma promessa p/ mim mesma, a de jamais reclamar de coisas que naquele momento eu passei a achar tão pequenas. Coisas do tipo, uma jarra que quebra, um móvel que arranha, de alguém que pisa no chão que a gente acaba  de limpar e outras coisinhas do tipo, mas aí meu pai faleceu e eu vi que logo depois eu fiquei irritadíssima com a jarra que quebrou, com o móvel que arranhou e com alguém que pisou no chão que eu tinha acabado de limpar. Caramba, eu pensei, onde foi parar a minha promessa?
Como resposta eu passei então a analisar cada coisa "pequena" que acontecia, mas que no momento eu achava a maior tragédia do mundo, e nessas reflexões eu via o quanto estava sendo ingrata, já que eu tinha dinheiro p/comprar outra jarra, outro móvel, tinha também alguém p/sujar o meu chão, quando na doença do meu pai e logo depois na da minha mãe,  eu não tive a opção do poder da cura, mesmo se eu tivesse todo dinheiro do mundo. Depois dessas reflexões eu passei a ser  GRATA mais uma vez a Deus e também a mim, a Deus por me dar a chance da compreensão, e a mim por me esforçar em compreender direitinho tudo aquilo que acontece na minha vida. 
Claro que volta e meia eu ainda me pego irritadinha (muito irritada kk), como no caso da minha internet, mas é só naquele "minutinho de fama".
Você já passou na Elaine p/contar o motivo da sua gratidão? Não?
Então passa por lá, de repente vc até ajuda a gente a não ser tão ingrata!

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

BOLO DE BATATA COM RECHEIO DE BACALHAU

Eu já contei aqui que esse bolo me salva sempre que estou sem inspiração p/cozinhar. Alguns chamam de escondidinho, eu como aprendi com a minha avó que sempre chamou de bolo, continuei com o mesmo nome, mesmo pq eu acho que pincelado com gema e decorado fica mais parecido com bolo mesmo.
Bolo ou escondidinho,  o certo é que fica delicioso!

Receita:
5 batatas médias
1/2 ovo  (coloca 1 ovo inteiro n/prato, dá uma leve batida e divide em 2 partes)
Farinha de trigo o suficiente p/massa chegar n/ponto de formar uma bola, mesmo ainda estando um pouco pegajosa (não colocar farinha demais pq pode ficar amargando)
Sal a gosto
Modo:
Misturar bem todos os ingredientes

Reccheio:
1/2kg de bacalhau dessalgado e desfiado grosseiramente
1 dente de alho
1 colher de sopa de azeite
1 tomate sem sementes picado
1/2 cebola picada
Pimentões coloridos (verde, vermelho e amarelo) fatiados 
1 colher de sopa de extrato de tomate
Sal a gosto


Modo:
Dourei o alho no azeite e acrescentei o bacalhau. Juntei o tomate, a cebola e os pimentões refogando bem, adicionei o extrato de tomate e deixei em fogo baixo por +- 15 minutos (se necessário acrescentar 1 ou 2 colheres de sopa de água fervente). Retirar do fogo e reservar...



Montagem:
Coloquei metade da massa de batata n/assadeira untada com óleo, o recheio, cobri com a outra metade da massa, pincelei com gema e decorei com fatias de pimentões, tomatinhos cereja, azeitonas e gergelim.  Levei ao forno 180º por +- 45 minutos.







P/Salada:
Alface picada
Grão de bico
Tomate picado
Cebola fatiada
Ovos cozidos










MUITO BOM MESMO!


Hummmmmm!









...massa pronta


                recheio...



LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...