RECADINHO:

RECADINHO:
Quem entrar como seguidor do blog, favor deixar um comentário p/que eu possa retribuir.
Não dá mais p/entrar nos blogs através do espaço "SEGUIDORES".

sexta-feira, 30 de junho de 2017

COZIDO À MODA DA MINHA AVÓ

Minha avó sempre que fazia cozido servia com um molho à parte e p/falar a verdade, quando eu era criança gostava mais do molho do que propriamente do cozido (legumes e carnes). Bem, eu cresci, me aventurei na cozinha e nunca esqueci das comidinhas deliciosas da minha avó, sendo o cozido uma delas. 

Receita:
1)  1/2kg de carne acém temperada com:
Alho, sal, molho de pimenta, shoyu, molho inglês, cominho, 1 folha de louro e +- 2 colheres de sopa de vinagre. Deixei descansando na geladeira por 2 horas...
Depois do descanso, coloquei 1 fio de óleo na panela de pressão deixando aquecer, coloquei a carne com a marinada deixando em fogo alto até secar (SEM TAMPAR A PANELA), deixei a carne dourar e acrescentei +-1/2 litro de água fervente. Aí sim, TAMPEI A PANELA deixando em fogo baixo por 20 minutos depois de chiar. Depois da carne cozida, retirei da panela reservando o caldo...
 
OBS: 
NESSA ETAPA NÃO USEI A PRESSÃO
2)  Em outra panela coloquei um fio de óleo deixando aquecer, adicionei costelinhas de porco já dessalgadas e linguiça calabresa aferventada (quantidades a gosto). Deixei fritar, acrescentei 2 dentes de alho socados dourando levemente, adicionei:
1 tomate picado, 1 cebola pequena picada e 1 colher de sopa de extrato de tomate refogando bem. Juntei esse refogado ao caldo reservado na panela de pressão e fui colocando os legumes por ordem de tempo de cozimento, ou seja, os mais duros primeiro... 
LEGUMES QUE USEI:
Abóbora, cenoura, chuchu, inhame, aipim, nabo, maxixe, jiló, batata doce, repolho e couve

P/o molho:
Dourei 1 dente de alho n/fio de azeite, acrescentei tomate, cebola e pimentão picados, juntei  extrato de tomate deixando refogar bem. Acrescentei +- 1 concha do caldo do cozido a esse refogado deixando em fogo baixo até dar só uma apuradinha (se precisar acrescente + um pouco do caldo). Depois do molho apurado, acertei o sal, coloquei umas gotinhas de vinagre, retirei do fogo e reguei com bastante azeite. Acrescentei ao molho 1 ovo cozido fatiado misturando delicadamente

Passei as carnes  e os legumes p/travessas colocando o molho sobre os legumes, mas pode colocar carnes e legumes na mesma travessa, isso fica a gosto

3) Ao caldo que sobrou na panela acrescentei mais um pouco de água, acertei o sal, adicionei farinha de mandioca, surgindo assim um delicioso pirão kk



DICA:
Minha avó servia esse molho à parte, mas dessa vez preferi servir sobre os legumes













AQUI  LINK E FOTOS DE OUTRO COZIDO (um dos 1ºs posts do blog, só teve um comentário e eu fiquei feliz da vida kkk:
https://piteisdadinha.blogspot.com.br/2012/06/cozido.html









quinta-feira, 29 de junho de 2017

SALADA DE MASSA TUBETTI com almôndegas

Nada melhor que uma refeição fácil,  leve e deliciosa p/servir quando vc chega cansada do trabalho. Fácil pq as almôndegas vc pode preparar e congelar já pronta e a salada vc pode preparar com antecedência e servir geladinha mesmo ou deixar em temperatura ambiente enquanto toma banho.
E aí gostou da sugestão?

P/salada:
+- 250g de massa tubetti cozida em água e sal
1 cenoura grande cortada em fatias pequenas
3 fatias de presunto picadas
Cubos de queijo minas a gosto
1/2 lata de ervilha (escorrida)
Passas
Azeitonas pretas
2 claras de ovos cozidos picadas grosseiramente (as 2 gemas eu misturei com a maionese)
Maionese a gosto

Modo:
Coloquei todos os ingredientes n/tigela misturando delicadamente

P/as almôndegas:
+- 300g de carne moída (usei patinho)
3 fatias de pão de forma (uso sempre as 1ªs e últimas da embalagem, que são os bicos  pq eu congelo p/usar depois)
1 dentinho de alho socado
Sal e pimenta do reino a gosto
1 ovo pequeno (uso a gema e só um pouquinho da clara ou bato levemente o ovo inteiro e uso só a metade)
Farinha de rosca p/empanar
Modo:
Misturo todos os ingredientes, faço bolinhas, passo na farinha de rosca e reservo...
Coloco +- 1 colher de sopa de óleo n/frigideira antiaderente e deixo aquecer.  Coloco todas as bolinhas n/camada só (as minhas = 16 bolinhas) e deixo grelhar nos 2 lados. Depois de grelhadas coloco na panela com o molho já prontinho e deixo cozinhando em fogo baixo por +- 7 minutinhos. Isso evita fritar as almôndegas em muito óleo, deixando então a receita + light.

P/o molho:
Dourei 1 dente de alho n/fio de óleo, acrescentei tomate, pimentões coloridos e cebola fatiados, acrescentei extrato de tomate  e refoguei bem. Temperei com sal e pimenta do reino, adicionei +- 1 xícara de chá de água fervente e deixei apurar em fogo baixo por +- 5 minutinhos. Nesse ponto juntei as almôndegas já grelhadas e deixei em fogo baixo por + uns 7 minutinhos.



MUITO BOM P/SERVIR COM UMA CERVEJINHA GELADA...









aqui mostrando como eu grelho as almôndegas antes do molho




terça-feira, 27 de junho de 2017

PÃO RECHEADO COM ATUM E MUÇARELA preparado com massa de pizza

Geralmente eu uso fermento seco no preparo dos pães que faço, embora eu goste mais do fermento fresco. Na receita de uns pãezinhos que fiz pedia só 2 tabletes de fermento fresco, então me sobraram 2, pq a embalagem que comprei vinha com 4 tabletes de 15g  cada. Como eu não queria guardar o fermento, fiquei pensando onde poderia usar os 2 tabletes que sobraram. Depois de pensar bem resolvi aproveitar ns/mini pizzas, mas na receita só levava 15g, foi então que na dúvida decidi dobrar a receita e usar a metade dela nesse pão que ficou delicioso.

Receita da massa de pizza (dobrei essas medidas):
1 tablete de fermento biológico fresco (15g)
1 colher de sopa rasa de açúcar
1/2 xícara de chá de leite morno
2 xícaras de chá de farinha de trigo
3 colheres de sopa de margarina (coloquei cheias)
Sal a gosto

Modo:
Amassar bem o fermento com um garfo, juntar o açúcar misturando até dissolver. Adicionar o leite morno, o sal e 1 colher de sopa de farinha de trigo. Descansar essa esponja coberta por 30 minutos...
Depois da massa descansada, juntar o restante da farinha de trigo e a margarina trabalhando e sovando bem a massa n/superfície enfarinhada. Depois da massa sovada, voltar com ela p/tigela de preparo, cobrir e  descansar por mais 30 minutos.
Dicas:
1- Eu coloco a tigela dentro de um saco plástico grande e fecho o saco com um araminho 
2- Essa receita é da pizza que eu sempre preparo

Nesse link você encontra  o modo das pizzas e elas  já prontinhas:


P/o pão:
Metade da massa que preparei
1 lata de atum bem escorrido...Coloquei um pouco de sal sobre o atum
Fatias de cebola a gosto
Muçarela ralada a gosto

Modo:
Depois da massa descansada, dividi em 2 partes, com uma preparei as minipizzas e com a outra metade preparei o pão assim:
Abri a massa n/retângulo, coloquei sobre ele o atum já bem escorrido, por cima as fatias de cebola e depois a muçarela. Enrolei como rocambole, mas fechando bem as pontas p/o recheio não sair. Deixei o pão já modelado crescer por mais uns 30 minutos (também dentro de um saco plástico)...
Com o pão crescido, pincelei com gema, fiz uns cortes sobre ele com ajuda de um estilete e levei ao forno preaquecido 180º  até ficar douradinho

Dica:
O recheio tem que ser bem sequinho p/a massa não embatumar 





Dica p/o recheio ficar no meio depois de modelado:

Colocar sempre o recheio n/das pontas e depois enrolar...





...antes de crescer


              já pronto p/ir ao forno...


...já assado


               prontinho p/ser servido...




...aqui mostrando a delícia que ficou

servido com um suquinho de laranja...






Atum que usei no recheio









segunda-feira, 26 de junho de 2017

BACALHAU DE ÚLTIMA HORA (muito fácil)

Sabe aquele dia que vc está cansada da cozinha, mas tem que preparar o almoço e ainda assim pretende que esse almoço saia bem gostoso?
Vou te ensinar!
Quando eu compro bacalhau deixo logo de molho, afervento, retiro a pele e espinhas (se preferir, pode congelar com a pele) e congelo. A água  que afervento o bacalhau eu deixo esfriar, coloco em formas de gelo, congelo, depois desenformo, passo os cubinhos do caldo p/um saco plástico bem lacrado e na hora de usar eu só descongelo e preparo a receita escolhida.

Já pensou preparar bacalhau com essa facilidade?

Receita:
1/2kg de bacalhau (usei do porto), dessalgado, aferventado e desfiado
4 batatas médias (cortadas ao meio) cozidas com as cascas e depois cortadas em rodelas
Couve cortada grosseiramente (1 molho)
2 dentes de alho
1 cebola média cortada em pétalas
1/2 pimentão verde fatiado
Sal a gosto
Gotas de vinagre
Azeitonas pretas
2 ovos cozidos
Azeite a gosto

Modo:
Cozinhei as batatas e a couve na água que aferventei o bacalhau (reservei +- 3 colheres de sopa da água antes de colocar as batatas e a couve  p/usar no cozimento da cebola)...
Adicionei um fio de azeite (+- 1/2 colher de sopa) n/frigideira antiaderente média deixando aquecer bem. Coloquei as rodelas das batatas e dei uma salteada (mais grelhadas do que fritas) até elas ficarem douradinhas. Retirei e reservei...
Na mesma frigideira adicionei mais um fio de azeite, coloquei o bacalhau já desfiado deixando dar uma leve fritura. Retirei e reservei...
Ainda na mesma frigideira, coloquei o alho deixando dourar levemente, acrescentei a cebola e refoguei bem. Adicionei +- 1 colher de sopa da água reservada onde aferventei o bacalhau e deixei em fogo baixo até a cebola ficar transparente (se necessário use mais um pouquinho da água reservada). Nesse ponto juntei o pimentão deixando ainda em fogo baixo por mais uns 5 minutos. Voltei com o bacalhau p/frigideira, juntei as azeitonas deixando aquecer bem (se precisar acerte o sal). Reguei com bastante azeite e coloquei o refogado sobre as batatas e a couve reservadas.



Montagem:
Coloquei n/refratário a couve, as rodelas das batatas, cobri com o refogado do bacalhau, reguei com mais azeite e decorei com rodelas dos ovos cozidos e tomatinhos cereja.

Acompanhou:
Arroz branco





Aqui o ponto das batatas










quinta-feira, 22 de junho de 2017

TORTINHA DE SALMÃO

E ontem o lanche por aqui foi delicioso com essas tortinhas. A receita é tão fácil de preparar e as tortinhas ficam tão saborosas com esse salmão, que vale a pena deixar sempre 1 latinha de reserva na despensa.

Receita:
+- 1 e 1/2 xícara de chá de farinha de trigo
100g de margarina (usei 1 tablete)
1/2 colher de chá de fermento em pó
Dica: Pela receita original  a metade da  medida da farinha de trigo seria de 2 xícaras, mas como a gente sempre fala, depende muito da qualidade da farinha usada, por isso se usa o +- na medida, e a farinha é colocada sempre aos poucos até dar o ponto.
Modo da massa:
Bati a margarina com uma colher até ela ficar suave. Acrescentei aos poucos a farinha de trigo misturada com o fermento. Amassei bem com as pontas dos dedos,  até formar uma bola macia (sem grudar mais nas mãos).
Eu gosto de descansar sempre a massa (tampada) por 10 minutos antes de abrir.

Nota:
A massa rendeu 5 tortinhas e como sobrou um pouquinho, eu forrei 2 forminhas de MADELEINES e coloquei o recheio de queijo p/aproveitar essa sobra de massa.

Recheio de salmão:
1 lata de filé de salmão em azeite e alcaparras (escorrido e o azeite reservado)
Cebola bem picadinha
Pimentão verde e amarelo picados
Misturei o salmão esfarelado, a cebola picadinha e os pimentões picados, pinguei um pouquinho do azeite reservado (só p/umedecer um pouco o salmão) e reservei.

Recheio de queijo:
1 colher de sopa de queijo minas
1 colher de sopa de cream cheese
Pingos do azeite da lata (reservado) até formar um creminho depois de misturados






Montagem:


Forrei as forminhas com a massa, coloquei o recheio, decorei com uma tampinha de tomate grape (uva) e levei ao forno 180º por +- 30 minutos.
Dica: Na metade do tempo, tampei as forminhas com papel alumínio p/não ressecar o recheio.


Antes de irem ao forno...





Já assadas...










Servi com esse molhinho:
Coloquei maionese n/tigela, alho socadinho e fui adicionando o azeite da lata (reservado) aos poucos até chegar no ponto desejado (sempre provando p/chegar nesse ponto).


quarta-feira, 21 de junho de 2017

CANJA DIFERENTE (fake)

Eu tinha acabado de comprar uma abóbora baiana quando ganhei a metade de outra da minha cunhada e aí fiquei com muita abóbora, claro né? 
De repente eu lembrei que quando a minha avó fazia sopa de legumes, a abóbora era a 1ª coisa que ela colocava depois das carnes que usava e dizia que era p/abóbora desmanchar  mesmo e dar uma cor bonita na sopa. Eu como boa aluna que sou kk, comecei a fazer igual. Dessa vez eu resolvi fazer uma canja usando o pedaço da abóbora da cunhada e depois resolvi colocar também uma couve picadinha  p/melhorar ainda mais a canja. Hummmm , ficou uma delícia!

Receita:
1 filé de peito de frango cortado em cubos médios
Temperei o filé com alho socadinho, sal, pimenta do reino, 1 folhinha de louro e um pouquinho de vinagre. Deixei descansando na geladeira por 30 minutos...
1 tomate pequeno picado
1/2 cebola pequena picada
1 colher de sopa de extrato de tomate
+- 1 litro de água
+- 250g de abóbora
3/4 de xícara de chá de arroz
+- 3 folhas de couve cortadas tipo à mineira


Modo:
Coloquei um fio de óleo n/panela deixando aquecer, acrescentei os cubos do filé e deixei dourar bem. Juntei ao frango 1 tomate pequeno picadinho, 1/2 cebola pequena picada, 1 colher de sopa de extrato de tomate e refoguei bem. Adicionei +- 1 litro de água fervente deixando em fogo alto até levantar fervura,  acrescentei os cubos da abóbora, passei então p/fogo baixo até o frango ficar cozido e a abóbora desmanchada. Nesse ponto coloquei 3/4 de xícara de chá de arroz lavado, continuando ainda em fogo baixo até o arroz ficar cozido  al'dente (p/mais durinho). Acrescentei a couve picada, deixei no fogo ainda por + uns 2 minutinhos, desliguei, tampei a panela e deixei descansando por uns 5 minutos antes de servir.





OBS:
Colocar água fervente sempre que necessário e acertar o sal depois da canja pronta.







segunda-feira, 19 de junho de 2017

BOLO DE FUBÁ COM CALDA DE GOIABADA

É exatamente naquela hora que bate uma vontade enorme de comer um bolinho gostoso que você vê o quanto valeu a pena guardar receitinhas dos amigos. A receita desse bolo veio lá do cantinho do Augusto do blog Mosaico de receitas e no link você vai encontrar  a foto do bolo com a calda de goiabada, eu servi com uma geleia de goiaba.

Receita:
3 ovos
1/2 xícara de chá de óleo
1 xícara de chá de leite
1 e 1/2 xícara de chá de açúcar
1 e 1/2 xícara de chá de fubá
1 xícara de chá de farinha de trigo
1/2 xícara de chá de coco ralado
1/2 xícara de chá de parmesão ralado
1 colher de sopa de fermento

Modo;
Bata todos os ingredientes no liquidificador por 2 minutos. Coloque a massa n/forma untada e enfarinhada e leve ao forno preaquecido 180/200º por +- 45 minutos ou até dourar

P/a calda:
400g de goiabada
1 xícara de chá de água

Pique a goiabada em pedaços pequenos, junte a água e leve ao fogo baixo mexendo sempre até derreter. Espalhe a calda ainda morna sobre o bolo


Dicas do Augusto:
O bolo fica ótimo também sem a calda
Ele colocou a calda no bolo todo tipo um glacê  e ficou lindo


Minhas dicas
1- Na receita não diz a medida da xícara, eu usei de 240ml
2- Usei metade  óleo de coco e metade óleo de soja na medida do óleo na receita
3- A massa rende bem e eu preferi assar em 2 formas, 1 forma de 22cm de diâmetro e a outra de 18cm
4- No meu forno levou 45 minutos mesmo
5- Servi com geleia de goiaba






O bolo fica fofinho e com a geleia, hummmm!





Aqui mostrando a diferença nas medidas das xícaras e o pq de muitas receitas não saírem como o esperado quando a medida das xícaras não são colocadas nas receitas
medidor da esquerda...xícara = 240ml
medidor da direita...xícara = 200ml

Aqui mostrando no medidor pequeno a diferença das xícaras de 240 e 200ml
Em uma receita com 3 xícaras  de chá de farinha de trigo ou outro ingrediente qualquer por exemplo, a diferença dependendo da xícara usada, vai ser então de 120ml, ou seja, 1/2 xícara de chá de 240ml e isso pode interferir muito na receita......................Tem quem diga que isso não faz diferença se usar todas as xícaras na mesma medida, ou seja, usar todas de 240ml ou todas de 200ml, até aí tudo bem, mas  e quanto as outras medidas usadas como por exemplo os ovos e as colheres?


E agora, vocês acham que dá ou não diferença?


...forma de 22cm de diâmetro


      forma de 18cm de diâmetro...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...